RELACIONAMENTO – POR QUE TANTO MEDO?

Criaram uma realidade em que, para grande parte das pessoas se faz difícil ter um relacionamento íntimo seguro, saudável e que gere saúde e crescimento para ambas as partes. Por que isso acontece?

Primeiro: é preciso entender que as coisas precisam de tempo. O número de pessoas que terminam um relacionamento e se envolvem com outro ainda tendo sentimentos e apego mal resolvidos pela anterior é enorme. É preciso ser bem resolvido para melhorar as chances de ter um relacionamento realmente bom.

Segundo: você não irá atrair uma relação superior a como você se vê, ou seja, se está se sentindo mal, com medo de sofrer, ansioso, inseguro, crítico com tudo o que acontece, qual seria o motivo de alguém que está bem, crescente e se cuidando se interessar por você? Não tem lógica. Quando se fala em atração entre semelhantes é só pensar em lógica. Vamos exemplificar de outra forma: pense no ramo do dinheiro e trabalho. Não adianta pensar coisas boas e não fazer nada. Você não terá crescimento e resultados financeiros. Também não adianta trabalhar que nem um cavalo, sendo pouco criativo, sem entendimento econômico e social para monetizar de forma adequada isso. Não vai acontecer. O dinheiro aparece para quem acredita inicialmente na prosperidade financeira, e ajusta atividades de prestação de serviços ou vendas de produtos dentro de um mercado. O relacionamento é a mesma coisa, não tem como ser diferente. 

Pare e faça uma reflexão. Escreva em um papel se achar necessário e faça uma lista. Quais são seus pensamentos e emoções e reais crenças sobre um relacionamento, sobre o outro, sobre o gênero que você tem interesse? Essa lista mostrará com clareza e total justiça os resultados que você têm obtido. A mesma lista serve como diagnóstico para ponto de partida da mudança.

Julio Furlaneto

Nenhum comentário:

Postar um comentário